Resenha de "A Vidente", Família Wherlocke #1

Sabe aquele livro que você o considera apenas bom e apesar disso, devido alguns elementos, ele se torna querido? (ou isso só acontece comigo?!) Pois então, A Vidente se encaixa perfeitamente neste caso. Ora agradava, ora entediava e decepcionava.
"- Tudo aconteceu exatamente como você previu, Chloe - Laurel disse num sussurro fraco, que não vinha da necessidade de guardar segredo. - A vida surgindo em meio à morte foi o que você disse."
Assim como todas as gerações da  família Wherlocke, incluindo os primos Vaughn, Chloe possui um dom sobrenatural. O dom da vidência. Entretanto, foi em 1785 que ela teve a visão que mudou sua vida, ao prever que sua irmã e o filho recém nascido morreriam no parto e que a criança morta seria substituída pelo filho do Conde de Colinsmoor. 

Durante três longos anos, Chloe e seu primo Leo, além de cuidarem de Anthony, descobrem um plano sórdido e sombrio contra o pai do menino, Julian Kenwood - que após saber que sua mulher o traía, passou a viver em bares e bordéis. Ao sofrer a quarta tentativa de assassinato, Julian quase parte desta para uma melhor, se não fosse pelos primos Wherlocke que estavam à espreita para salvá-lo. Ele passa a viver com eles e, finalmente, percebe que tanto sua vida quanto a de pessoas que ele ama estão em grande perigo. 

No meio de traições, escândalos, suborno e mortes, há tempo para o surgimento de uma paixão. Perigosa e arriscada, mas tão tentadora e arrebatadora que se torna impossível de se evitar. 
"- Também estamos de acordo neste ponto. Abro meus olhos e lá estava você, e então meu dia pode começar. Um sorriso seu e tudo começa ainda melhor."
Narrada em terceira pessoa, a história é ambientada na Inglaterra georgiana (adorei!) e foca o amor e intrigas familiares, a autora tem uma escrita suave e atraente, o que tornou tudo ainda mais fácil de se envolver.

O romance foi o ápice. Unindo romantismo e muito erotismo, Howell criou um casal apaixonante, divertido e natural. O entendimento entre eles era tão agradável e cativante que desde o começo você torce para que tudo dê certo. As cenas eróticas são ricas em detalhes e foram narradas com suavidade, sem termos pejorativos ou pornográficos (o que me agradou bastante). Com direito a arrancar suspiros de seus leitores.

Outro ponto que me agradou: as personagens. Chloe é sarcástica, determinada, inteligente, altruísta e delicada. Julian é sedutor, gentil, lindo e esperto, apesar de ter se mostrado um completo derrotado, distante de suas obrigações e um pouco frouxo no início, mas amadurece e volta ao seu esplendor com o decorrer da história. Leo com seu jeito misterioso e brincalhão me cativou facilmente também, assim como a mãe de Julian e o pequeno Anthony. Cada personagem tem sua graça e os vilões são insanos, porém poderiam ter sido mais desenvolvidos.

Então onde começou o tédio? Simples, a história tinha tudo para ser fantástica, mas ficou muito aquém do que foi proposto. 90% do livro é composto por diálogos e não por aquela típica ação que se espera em livros de aventura. O problema nem é o diálogo em si, mas a história se tornou tão repetitiva e entediante que no meio da leitura eu já estava cansada. O tempo todo eu esperava, ansiava para que algo acontece e... Nada! Quando a ação de fato começa mesmo assim parece que falta algo. Ainda bem que a autora nos compensou de alguma forma, nos presenteando com belas cenas românticas e momentos engraçados.

Como comentei no começo da resenha, o livro é bom e leve, porém, deixa a desejar em alguns aspectos. Vale a pena lê-lo, mas o faça sem grandes expectativas, sem esperar demais, assim não irá se decepcionar tanto e aproveitará o lado bom do livro.

Esta, com toda a certeza, é uma das capas mais lindas que eu já vi e as fitas deram um charme a mais - muito meigo. Houveram apenas alguns erros de revisão, mas no geral, eles tiveram um cuidado muito especial com o livro. Apesar de fazer parte de uma saga e os quatros livros terem como protagonista os Wherlocke, cada um deles foca em um membro diferente da família. 
  • Foi escrito por Hannah Howell.
  • Editora Lua de Papel.
  • Tradução: Sílvia Rezende.
  • 207 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo. =)

13 comentários:

  1. Nossa estou muito ansioso para ler este livro, minha amiga Juliete esta lendo este livro e estou com muito Inveja (boa logico) kkkk

    Luciano Barbosa
    do blog
    http://luciano-aod.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu entendi mais ou menos o que você quis dizer. A escrita da Howell é realmente ótima, leve e descontraída, mas não simpatizei tanto com os personagens e achei a história meio fraquinha.

    Mas que bom que você gostou! Conheço bastante gente que também curte essa série, só não foi pra mim ;)

    Beijitos

    ResponderExcluir
  3. Não vi muita coisas positiva sendo falada desse livro!
    Realmente dizem que deixa a desejar!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que li a sua resenha, eu estava em dúvida mesmo se comprava agora ou não. Na verdade já coloquei no carrinho de compras do submarino quando estava em promoção, mas desisti... A capa dele é tão bonita e a fita dá um charme mesmo. Dá vontade de comprar e ver como é, mas vou deixar pra depois mesmo...hahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Parece ser interessante, um daqueles livros pra ler em um feriado quando não se tem muito o que fazer, pra se distrair mesmo. Curti a capa!

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafa! Eu ganhei a coleção de Natal e realmente as fitas são lindas. Que pena que o livro acabou se perdendo, eu vou ler, mas como você aconselha sem esperar muito. A resenha está ótima.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Eu li esse livro tem um tempinho e gostei bastante, mas eu entendo o seu ponto sobre a falta de ação. O meu ponto negativo foi pela falta de enredos paralelos, a história foi focada o tempo todo no casal principal o que foi cansativo, mas tirando isso, eu gostei.

    Bjs, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Rafa!
    Eu sou apaixonada pela Hannah Howell *---* Dessa série eu só tenho A vidente e O escolhido mas ainda não li nenhum. Estou bem ansiosa!
    Uma pena a história ficar meio no tédio (eu começo a dormir com livros assim), mas ainda bem que não é um livro ruim.
    Beijos
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Rafa!
    Estou lendo Lendas da paixão da Hannah e estou adorando a narrativa da autora, ainda quero ler essa série das Irmãs Werlocke.
    Adorei a resenha, pena que o livro não é de todo bom.
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho esses livros mas ainda nao li!
    Mas estou super curiosa! Mesmo com sua resenha (e outras que ja li tb) falando sobre essa falta de inovação e a istoria sendo meio tediosa, ainda quero conferir, mas realmente sem esperar que seja o livro da minha vida ahaha

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  11. Oi Rafa!
    Eu adoro cenas sensuais bem narradas que arrancam suspiros, mas não tenho certeza se compensariam os momentos de tédio da narrativa, porém ainda não conheço a autora e tenho curiosidade.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  12. Ai, estou com uma vontade de ler este livro! A primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa, ai li a sinopse e encantei! Mesmo os pontos negativos (recorrentes nas resenhas que li) não me tirou o desejo de ler! *-* Espero poder cessar a curiosidade logo!!

    Bijinhos!!

    @mariapsalles
    Jardim de Borboletas

    ResponderExcluir
  13. Tava procurando por resenhas de livros que eu já li aqui no blog e fiquei muito (muito) surpresa por achar Hannah Howell, haha. Não conheço ninguém que já tenha lido A família Wherlocke, ou pelo menos, lido completamente. Concordo que a escrita é um pouco lenta e já quase desisti de ler umas três vezes, mas fico feliz por não tê-lo feito. Apesar dos pontos negativos, a história é maravilhosa e a Chloe é uma personagem muito cativante.

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária