Resenha de "Divergente" #1

Foi meu primeiro distópico e eu não sabia o que esperar, mas assim que comecei a lê-lo, fiquei perdidamente apaixonada. Divergente é fascinante e se tornou um de meus favoritos!
"Na mesa da Abnegação, permanecemos sentados em silêncio enquanto esperamos. Os costumes das facções ditam até como devemos nos comportar nos momentos de inatividade e estão acima das preferências individuais. Duvido de que todos da Erudição queiram estar sempre estudando, ou que todo membro da Franqueza aprecie um debate acalorado, mas, como eu, eles não podem desafiar as normas de suas facções."
Em uma Chicago futurista, após a Grande Paz, a sociedade foi  dividida em cinco facções que visam e cultuam virtudes distintas: Abnegação, Audácia, Amizade, Erudição e Franqueza. Aos dezesseis anos, os jovens são obrigados a fazer um teste de aptidão para saber em qual facção se encaixam melhor e logo em seguida ocorre uma cerimônia de iniciação, na qual eles escolhem uma facção, podendo ficar com suas famílias, e consequentemente em sua facção de origem, ou escolher outra facção. Após a decisão, os jovens passam por uma rigorosa iniciação para se tornar de fato um membro da facção escolhida, e aqueles que fracassarem são expulsos, tornando-se um sem-facção, ou seja, excluído da sociedade. 

Com Beatrice Prior não foi diferente. Nascida na Abnegação, ela ficou em dúvida e não soube de imediato qual facção escolher, especialmente depois de seu estranho teste de aptidão, mas no fim, fez uma escolha que surpreendeu a todos. Agora ela prefere ser chamada de Tris e tem de sobreviver a uma perigosa iniciação de três epatas, além de competir com seus novos amigos por uma boa colocação e tentar manter um segredo que pode matá-la. Ou salvá-la.

A vida de Tris passa por constante mudança e ela terá que ser forte para enfrentar o que vem pela frente: traições, mortes, competições, choque de crenças, dúvidas, grandes descobertas, um sistema corrupto e deturpado, muitas tatuagens, crises de riso, o surgimento de um amor doce e frio ao mesmo tempo, além de uma crise interna consigo mesma.
"Levanta os olhos para o céu, onde não há nenhuma estrela, apenas a lua redonda nos espreitando por uma fina camada de nuvens. Os músculos dos seus braços estão relaxados e ele descansa uma mão na nuca. [...] Fecho os olhos por um instante. Por que me distraio tão facilmente quando olho para ele? Preciso me concentrar. O que eu diria se conseguisse gritar mais alto do que toda a discussão que está acontecendo atrás de mim?"
Haja fôlego e coração. Sabe aqueles livros que ao ler a primeira página, você já sabe que não vai mais conseguir soltá-lo até chegar ao final? Pois bem, este é um deles. Divergente te envolve de tal maneira que parece magia, a autora escreve muitíssimo bem - com uma linguagem sutilmente sarcástica, peculiar e encantadora - e criou personagens bem estruturados e marcantes, cada um a sua maneira. Alguns te cativam, outros te irritam e um, em particular, te faz suspirar e ficar com cara de boba enquanto lê (Quatro, case comigo!). 

A história é narrada em primeira pessoa por Beatrice, ou Tris, se preferir, que é de longe, uma das melhores personagens do mundo literário. Ela tem uma força impressionante, apesar de seu físico fraco e pequeno (não sei o porquê, mas me identifiquei... Talvez seja porque eu tenho quase 21 anos e ainda pareço ter 14, haha), e não se faz de vítima mesmo quando as coisas ficam difíceis, ela consegue se reerguer e reencontrar sua força. Tris também é muito divertida, inteligente e tem sérios problemas com muita intimidade - isso renderá boas risadas. 

Como comentei antes, os personagens são ótimos e, só para variar, inteiramente humanos, sem super poderes ou qualquer variação disso. Os amigos da Tris são um show à parte, especialmente a Tori e o Uriah - fiquei encantada por ele e por todo o carinho que ele sente pela Tris. Quanto a família, fiquei comovida com a relação entre ela e a mãe, que também é uma das melhores personagens da história. Os vilões são arrasadores, aliás, fazia um bom tempo que eu não lia um livro com vilões tão maus e à altura do protagonista. Para mim, o melhor personagem, empatando apenas com a Tris, é o Quatro. Ele é frio e misterioso, doce e bondoso, lindo e inteligente, forte e apaixonante, durão e com medos como qualquer outra pessoa, e me cativou desde a primeira aparição - deixando-me apaixonada por sua personalidade diferente, além de sua beleza estonteante, é claro.

Toda a trama foi muito bem amarrada e elaborada, com ação do início ao fim, mas intercalada por momentos românticos, e teve um final promissor, intenso e instigante - que te faz querer ler o segundo desesperadamente. A descrição da cidade de Chicago futurista foi surreal e muito bem feita, os detalhes dos prédios e as características de cada facção - seja física ou emocional - foram geniais. Posso, facilmente, afirmar que foi um dos melhores livros que eu já li, não só pela história e seus personagens, mas também por sua complexidade, suas críticas a sociedade e seus extremismos, enfim, por ter mexido comigo de forma tão significativa.

Apesar de conter mais de 500 páginas, a leitura flui tão rapidamente que quando você percebe o livro já terminou. A capa tem o título em alto relevo - achei muito bonita, e a propósito, o desenho é o símbolo de uma das facções - e a revisão ficou excelente, só encontrei um erro. 
  • Escrito por Veronica Roth.
  • Editora Rocco Jovens Leitores.
  • Tradução: Lucas Peterson.
  • 502 páginas.
  • Divergente é o primeiro livro da trilogia.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo! 
*Exemplar para resenha.

45 comentários:

  1. Adorei livros devidamente revisados, com uma diagramação ótima e com personagens que te deixam babando, mesmo eu achando que essa protagonista não irá me conquistar tanto. Enfim, você comentou sobre uma futura Chicago, isso realmente me deixou instigada!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li Divergente, mesmo só encontrando ótimas resenhas e leitores apaixonados.
    O que me faz esperar para iniciar a leitura é o fato de ser uma série, sem os títulos todos lançados.
    A espera e ansiedade é algo me não me motiva.
    Mas lerei, um dia...

    Isa
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Este é um dos livros que mais fui mudando de opinião, conforme as resenhas vão saindo, hoje, até a capa acho mais bonita. Ah e sua resenha está excelente!

    Lucas / Era uma vez
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. OI
    Sempre leio resenhas positivas sobre esse livro e estou bem curiosa para ler essa obra ;)
    Parabéns pela resenha
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  5. oi Rafa,
    Amei a resenha. Tô doido pra ler o livro, já ouvi bastante sobre esse livro, e agora que vc resenhou é prioridade na minha estante.
    Parabéns pela resenha...

    ResponderExcluir
  6. Oi rafa!
    Estou louca para ler Divergente. Eu só tenho lido resenhas positivas e a curiosidade está a mil. Eu gostei da trama e parece que ela prende o leitor do início ao fim, né?
    Super me empolguei com sua resenha e espero poder ler em breve.
    Beijos
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. oii...
    Eu não sou muito fã de distopias, por isso ainda não comecei a ler essa série...
    Vi algumas resenhas que indicaram coisas que realmente não gosto em livro... Mas a sua fala tão bem que mesmo não sendo fã do gênero, gostaria de ler =)
    Adorei o seu blog, estou te seguindo!

    Beijos,
    Carol e seus livro.

    ResponderExcluir
  8. Sou fã de distopias antes de saber o que era uma distopia hahaha.
    Amei Divergente e quero muito ler Insurgente, só falta mesmo o dinheiro pra comprar o livro rs.
    Amei o blog!

    Beijos

    http://oacucareiro.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Acho Divergente muito, mas muito lindo. Só faz melhorar em Insurgent, e espero que titia Veronica faça uma conclusão a altura em Allegiant :)

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li esse livro acredita!!!
    Todos tem falado tão bem dele!
    Com certeza será uma de minhss próximas leituras

    Convido você a participar da promoção que vai dar o livro Simplesmente Ana autografado.
    Não perca!
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  11. Também amei Divergente! Já estou curiosíssimo para ler a sequência e conferir o filme!
    Beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  12. ahhhh, gente, tô doida por esse livro! Depois dessa resenha enorme e cheia de elogios então, vish, quero pra ontem!

    Todo mundo anda falando muito bem dessa distopia. E foi sua primeira? Owwwn, bem vinda à esse mundo lindo e fantástico

    Estou segurando a leitura mais porque quero ficar em dia com as séries que já comecei, e porque quero garantir o segundo antes de ler - pelo visto, é uma boa ideia.

    Beijitos

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Ah, estou esgotado! Não aguento mais distopias.
    Sinceramente, até evito, porque nem todas me agradam. Li algumas e só gostei de pouquíssimas.
    Mesmo você elogiando muito, eu só leria por curiosidade e nada mais.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  14. Olá Rafaela!
    Eu tinha um certo receio em ler Distopias, pois depois de Feios, não me agradou muito. Mas, por sorte, resolvi apostar em outros livros e me apaixonei. Porém, ainda não tive a oportunidade de ler este =( Mas adorei a dica, e com certeza vou procurar ler.

    Sucesso sempre, beijos.
    http://bestherapy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Rafa!
    Arrasou na resenha amiga, é uma delícia quando nos surpreendemos com uma determinada leitura, não é mesmo? Ainda mais quando é uma experiência em um novo gênero =)
    Todos estão adorando essa série, estou curiosa.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  16. O livro do momento agora que as imagens e informações do filme estão saindo. Estou curiosa para ler, mas não tanto assim, acho que os atores escolhidos pro filme me desanimaram um pouco pra começar a leitura, como aconteceu com Academia de Vampiros. Não sei quando lerei. :/

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  17. Oiii..
    Assim que tiver um tempinho, leia sim "O céu está em todo lugar". É uma leitura simples e cativante. Vale a pena.

    Opa.. Já me animei ao ler a resenha com a palavrinha "Favorito" <3
    JURA que se envolveu com o livro logo na primeira página? Céus.. Preciso ler este livro!

    Beijos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Vou começar a ler esse livro,estou na maior expectativa, toda resenha que vejo é positiva, preciso conhecer essa história na íntegra.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  19. Oi Rafa,
    Eu quero tanto começar a ler distopias, mas são tantas incríveis que eu sequer sei por onde começo: Jogos Vorazes, A Seleção, Divergente, e meu dinheiro como é que fica? Eu achei legal essa ideia de que os personagens são inteiramente humanos, apesar de eu amar o sobrenatural, a fantasia, acho que quando os personagens são humanos torna a história mais palpável, realista, e as facções me chamaram a atenção quando ouvi falar. Se ele se tornou um favorito merece minha atenção!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. eu tb ameeeeii esse livro, achei a historia perfeita!
    tb quero um quatro pra mim ahahahhaa
    to doida pra termina rminha leitura aual e enfiar a cara em insurgente logo \o/

    bjos!

    ResponderExcluir
  21. (Leitora nova)
    Cada resenha que eu leio mais fico com vontade de ler Divergente... mas tem outros livros na frente dele hehe
    Seguindo o blog!
    Beijoss!
    http://invernocolorido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. O mais legal é a sua empolgação com o livro!! hahaha
    Tô com muuuuita vontade de ler, tem todos os ingredientes que eu gosto!!! Sua resenha ficou ótima Rafa! Não vejo a hora de conhecer o Quatro! (Já tô a té vendo que vamos suspirar juntas! hahaha)

    ResponderExcluir
  23. Terminei de ler o livro hoje de manhã. E minha expressão era totalmente (como, porque, não). A história é simplesmente magnífica... Até agora estou chocado com final do livro. A Beatrice(Tris) me lembra muito a Katniss dos "Jogos Vorazes". As duas são incríveis. A história me surpreendeu a cada página. O significado do nome do quatro, as pessoas que nunca poderia imaginar que eram Divergentes. Estou louco para ler o segundo livro. E pra ver a capa do terceiro livro na quinta. Divergente está agora entre as minhas três séries favoritas...

    Beijos!!!!
    E obrigado por me mostrar esta série maravilhosa...

    ResponderExcluir
  24. Rafa, eu estou morrendo de vergonha por ainda não ter lido... Os comentários que escuto, as suas resenhas, me fazem ver que estou perdendo muita coisa. Acabei de comprar os dois, divergente e insurgente. Assim que terminar de ler eu corro para te contar minhas reações.

    ResponderExcluir
  25. - Recuperando o fôlego -

    Rafa!! Que livro é esse? Ele me prendeu da primeira á última página! A leitura é muito deliciosa. Os olhos simplesmente deslizam pelas páginas e faz você virar vorazmente para ler a próxima. A trama é perfeita. Os personagens magníficos. Uma das coisas que mais adorei no personagens, eles são realmente humanos! Eles tem seu lado ruim, seu lado egoísta, seu lado prepotente... Não é uma coisa forçada, não é uma coisa falsa. Você realmente se sente na história! Os momentos de ação... Quando eles pulam do trem, quando eles sobem na montanha russa e nas várias simulações...

    O romance entre Tobias - Quatro - e Tris é uma coisa misteriosa e forte! Não é meloso e, oque mais me impressionou, não é previsível! Uma hora eles estão bem, na outra eles brigam, e depois voltam... É um romance, digamos assim, real! kkk
    Rafa, eu não tenho mais palavras para descrever esse livro além de PERFEIÇÃO!
    Obrigado por me apresentar a leitura, Rafa! M.U.I.T.O obrigado!

    ResponderExcluir
  26. Que resenha fantástica, Rafs! Alguém me dá esse livro, por favooor??
    Li só um bom pedaço de Divergente, e foi o bastante para eu me apaixonar! Li 150 páginas sem sentir. Primeira distopia que li, também, antes não achava que era essa coisa toda. Preconceito literário é fogo... Mas ainda bem que a Veronica escreveu a trilogia! :D amei demais. Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Eu amei o livro, o melhor foi Insurgente começar no mesmo momento em que Divergente acaba :) Beijos

    http://qualquerinfinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Eu amo esse livro!!! Li em um dia e corri ler o próximo! Amo a Tris, ela é um exemplo de coragem, pois mesmo com medo ela enfrenta os desafios!

    ResponderExcluir
  29. Estou ansiosa para ler "Divergente", Não tive oportunidade de ler ano passado, mas desse ano não passa! Gosto de Jogos Vorazes, mas acho que vou gostar mais ainda desse livro. Já vi o trailer do filme, e está imperdível!

    ResponderExcluir
  30. Eu amei esse livro, achei ótimo!

    ResponderExcluir
  31. Li essa maravilha em dois dias e estou ansiosa para ler os outros dois. Sabe aquele livro que você não consegue parar de ler? Pois é, Divergente é um desses, não é atoa que amo livros distopicos <3
    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Essa é uma das séries que mais gostaria de ler. Fiquei ansiosa pra saber mais da estória que você menciona aqui. Adorei seus comentários e não vejo a hora de poder ter o meu. Beijos.

    ResponderExcluir
  33. Gente que historia sensacional. Das distopias atuais essa é a que eu mais estou com vontade de ler. E de saber que ja tem os outros livros da série aiaiaia, tô atrasada!

    ResponderExcluir
  34. Não li CONVERGENTE ainda, mas pelos spoilers que já vi acho que DIVERGENTE é o melhor livro da trilogia, porque Tris tem que romper laços, enfrentar medos e se tornar alguém que ela pensa não ser capaz, fora as cenas com Tobias que são de tirar o fôlego...

    @jan_araujo7

    ResponderExcluir
  35. Oi,

    Essa é uma trilogia que eu estou louca, para ler, essa capa mexe com meus sentimentos, toda vez que eu vejo, vem algo lá de dentro, falando que preciso lê-lo, e morro de vontade de conhecer o Quatro, que todas falam super bem.

    Mayla

    ResponderExcluir
  36. Gostei logo de cara desse livro, então quanto li me apaixonei, simplesmente não tenho palavras pra dizer o quanto é perfeito esse livro.

    ResponderExcluir
  37. Mais uma serie distópica que está conquistando muitos fãs. Tenho gostado muito deste gênero e espero ler este em breve. Mais um ponto pelos personagens serem tão normais.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  38. Amo essa livro e a série! Adorei a resenha...Estou louca para ler Convergente...
    bejos

    ResponderExcluir
  39. Amei a resenha,estou cada vez mas apaixonado pela serie... <3

    ResponderExcluir
  40. Quando eu li sua resenha fiquei com uma vontade enorme de ler o livro ,
    hj já li a trilogia inteira, e queria te agradecer , pois amo de paixão essa serie <3

    ResponderExcluir
  41. Eu amo distopias, terminei de ler o livro essa semana e adorei *.*
    Agora estou mega ansiosa pelo filme e também para ler os outros dois livros da trilogia.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  42. Amo distopias!! Ainda não comecei a ler divergente, mas está no topo das minhas próximas distopias <3

    ResponderExcluir
  43. Olá.
    Muito boa a resenha.
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro e por isso estou lendo tudo que posso a seu respeito antes de comprá-lo. Estou me convencendo :D.

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária