Resenha de "Quantic Love"

O amor é algo muito poderoso e pode ser encontrado  quando menos se espera (ou é ele que encontra você?). Desta vez, o amor decidiu dar o ar da graça no centro de pesquisas mais avançado do mundo e o resultado foi algo bem inusitado, eletrizante e apaixonante.
"Às vezes o futuro sussurra algo em nosso ouvido por um breve instante. Alguns chamam isso de premonição; outros, de intuição. Eu sei apenas que quando entrei naquele avião soube que tudo ia mudar. A Laila que deixava Sevilha com destino à Suíça não voltaria jamais."
Assim que concluiu o ensino médio, Laila deixou sua cidade natal, Sevilha, e partiu com destino à Suíça para trabalhar por três meses no CERN (o centro de pesquisas mais avançado do mundo) e conseguir dinheiro para o seu primeiro ano de faculdade.

Ao chegar lá, ela se sente muito desorientada e confusa. O primeiro motivo: apesar de ser nerd, uma leitora assídua e estar se decidindo entre física e matemática para cursar na faculdade, o CERN é a casa de algumas das pessoas mais inteligentes do mundo e ela tem a sensação de que não sabe absolutamente nada perto deles, principalmente por ser apenas a garçonete. Já o segundo motivo tem nome e muitas curvas: Angie, sua colega de quarto que além de ser extremamente inteligente e extrovertida, também é linda de parar o trânsito - enquanto Laila parece mais um tábua de passar roupa e não se acha nem um pouco sexy e bonita.

Entre muitos experimentos, idas à piscina e ao campo, cappuccinos e visitas pelo CERN, Laila encontrará um amor, ou melhor, dois amores. Alessio, um jornalista suíço que ama ciência e futebol, metido a italiano, lindo e atraente. E Brian, um cientista igualmente lindo, inteligente e muito misterioso. Situação engraçada, pois há meses que ela não é convidada por ninguém e agora, aparecem dois belos rapazes para disputar seu coração e atenção. Quem resolverá essa equação do amor?
"Meu coração acelerou quando seus dedos se fecharam em cima da minha mão. Senti um calafrio ao mesmo tempo que rezava para que não tivesse percebido o efeito que produzia em mim. Assenti, fingindo que prestava atenção absoluta."
A Laila é incrível, mas não sabe disso. Ela tem a tendência de não enxergar o óbvio quando se trata dela mesma, pois mesmo sendo inteligente, aprendendo novas coisas com facilidade e chamando a atenção de muitos garotos, ela ainda acha que deixa a desejar. A personagem me cativou desde o começo e achei a relação dela com os pais muito linda e sincera (alguns capítulos são compostos por cartas que ela escreveu para eles). Entretanto, como nem tudo são flores, no decorrer da história eu fiquei extremamente irritada, querendo entrar no livro e brigar com ela. Esse é o problema de ser o centro do odioso triângulo amoroso: ora ficar indecisa e agir de forma ridícula, ora magoar e usar um dos pretendentes. Ou fazer tudo isso ao mesmo tempo.

Acalmem-se. Apesar de ser um triângulo amoroso, a autora conseguiu transformá-lo em algo bem diferente, e deu certo. Um exemplo disso é que a personagem principal NÃO se envolve de fato com os dois ao mesmo tempo - para a minha alegria. É claro que ela fica indecisa, tem "encontros" com um ou com o outro, mas tudo de forma contida, sem pressa (quando não tem taças de vinho no meio).

Os personagens foram muito bem construídos e suas personalidades condizem com suas atitudes e com as situações impostas. Angelina, ou Angie, é impulsiva e às vezes pode se tornar um pouco cansativa, mas no geral ela é uma boa amiga, além de ser bem engraçada - aliás, senti vergonha alheia em várias cenas. Os amigos de Angie são uma figura e cativam facilmente, com exceção da Chantal, que é odiosa. Quanto aos dois amores, Laila tem razão em ficar um pouco indecisa, já que ambos são incrivelmente maravilhosos, cada um a sua maneira. Não vou revelar quem é o meu preferido, pois infelizmente ele não foi o escolhido. Confesso que eu fiquei chateada por isso, mas percebi que eu teria escolhido ele, enquanto a Laila realmente  combinava muito mais com o outro. Então parei de reclamar e curti o final do livro.

A história é narrada em primeira pessoa, pela própria Laila, e foi bem amarrada, cheia de informações do mundo científico e ainda teve a presença de um dos maiores cientistas do CERN - Murray, um senhor muito simpático que virou amigo de Laila. Outro ponto positivo é a descrição do próprio CERN e dos arredores, nunca havia lido algo que fosse ambientado naquela região da Europa e gostei bastante.

Excetuando um erro ortográfico aqui e ali, a revisão foi muito bem feita; assim como a diagramação - que é linda de viver, parece um caderno de anotações - e a capa, que por sinal, também ficou fantástica. A proposta e a capa podem lembrar vagamente O Teorema Katherine, mas as histórias são muito diferentes. Fiquem tranquilos. Quer ganhar um exemplar de Quantic Love? Clique aqui e participe! 
  • Escrito por Sonia Fernández-Vidal.
  • Editora Rocco Jovens Leitores.
  • Tradução: Luís Carlos Cabral.
  • 254 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo! =)
*Exemplar para resenha.

32 comentários:

  1. Eu quero MUITO ler esse livro, amei dmais a capa e nunca li um livro assim, é diferente mas ao mesmo tempo clichê?!,kkk, amo!, só espero que não tenha muito drama, pq ai fico doida,quando tem comédia ai mesmo que me interesso, bom quero mto mto ler!,ansiosa *só n vou roer as unhas pq fiz elas ontem*, obg pela resenha e bjs!

    ResponderExcluir
  2. Que resenha mais fofa, Rafa! Eu fico angustiada com a falta de espelho que algumas protagonistas têm, a autoestima delas é lá no Submundo de tão profunda, fico revoltada! Eu gostei da proposta do livro, parece que é um romance fofo, calmo, delicado e real, e o melhor lado é que a personagem não fica com os dois, como geralmente acontece. Essa capa é extremamente linda!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahhhh gostei da resenha agora quero ler ele kkkkkkk
    esse livro pra mim tem aquele jeitinho que vc começa ler agora e so termina quando acaba o livro !!
    ansiosa pra ter a oportunidade de ler ele ..
    bjsss

    ResponderExcluir
  4. Adorei a sua resenha, você escreve super bem! Não conhecia esse livro e eu realmente me encantei pela história, agora quero muito ler!

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Acho que é um livro que possa a vier gostar e muito. Assunto bem interessante. Ótima resenha!

    Lucas / Era uma vez
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. oi, tudo bom?
    adorei a sua resenha, gosto de resenhas que me deixam curiosa para ler o livro e a sua fez isso kkk

    Beijocas, http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa!
    Não curto triângulos amorosos, mas pelo visto esse é um pouquinho diferente, já que a personagem não fica com os dois ao mesmo tempo, então eu leria o livro sim, ainda mais depois dessa resenha.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  8. Rafa, eu adoro ler suas resenhas, são tão bem escritas e de modo bem jovial que prende o leitor. Parabéns!
    Adorei o livro, e você falar da parte física dele ajuda bastante, eu ainda não conhecia, vi aqui no seu blog a primeira vez. Vou participar desse sorteio. hahaha

    Clicando Livros

    ResponderExcluir
  9. Estou doida para ler este livro!!!

    Hum, errinhos ortográficos aqui e ali? Não gosto disso. E ultimamente está ficando cada vez mais difícil encontrar um livro sem esses errinhos bobos, infelizmente.
    Já que você sentiu vergonha alheia em alguns momentos eu certamente vou ler, adoro livros assim...kkk

    Bjs, Yara.
    http://www.ilusoesescritas.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Rafa! Não me importo com triângulos amorosos, vai muito da maneira como são construídos, claro que algumas vezes me incomodam, mas é mais pela postura dos personagens, pois o triângulo em si, dá um tempero na história. Claro que quero ler este livro, desde o lançamento já estou de olho. Excelente resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  11. Olá Rafa!
    Este livro me conquistou logo pela capa. Adorei de cara - diferente do Teorema, que não estou nada a fim de ler (vai entender).
    Tenho que concordar com a Lu Miranda: adoro suas resenhas.
    E depois de mais esta, minha vontade de ler o livro só aumentou.
    Triângulos amorosos. Ai minha vida, hahahah..

    Beijinhos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Rafaela,

    Estou de olho nesse livro desde que ví que ele seria lançado. Lembro que assim que ví essa capa, que eu achei linda demais, fiquei querendo o livro, e logo a sinopse me chamou a atenção também.

    Adoro um triângulo amoroso, então independentemente de como tudo se desenvolve, já sei que vou gostar! rs
    Fiquei curiosa pra saber quem foi o seu preferido na história, mas agora que sei que ele não foi o escolhido, prefiro não saber hahahaha

    Vou participar da promo pra tentar ganhar o livro, fiquei realmente super interessada em ler ele!

    Beijos ;*
    Vícios em Três. (@viciosemtres)

    ResponderExcluir
  13. estremeci só de pensar em triângulo amoroso, porque as breves coisas que você contou da protagonista me lembraram MUITO da Bella de Crepúsculo. Aí já viu né? HAHAHAHA Nem de graça. Mas fiquei curiosa pra saber qual foi a solução diferente que a autora deu. Colocou a pulga atrás da minha orelha, dona Rafa hahaha!

    beijão!
    http://nossosromancesadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa, Rafa! Eu gostei muito dos comentários e da resenha... Mas sou meio pé atrás com triângulos amorosos! Vivenciei isso em Crepúsculo, depois na Saga dos Tigres... Para mim, um triângulo amoroso tem que ser muito bem escrito, muito bem pensado, antes de ir para o papel! Mas com certeza pretendo ler!

    ResponderExcluir
  15. Ok, a capa me atraiu e a sinopse um pouco. Estou meio pé atrás por causa dessa coisa de triângulo amoroso. Acho meio "fora da realidade" para a maioria das pessoas e um tanto quanto clichê. O ambiente da história, pelo que você falou, parece ser incrível. E só isso já adiciona mais alguns pontinhos para esse livro no meu ranking.

    Beijos,
    curiosametamorfose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Nossa! Me lembro uma matéria de crianças psicopatas *O*
    É uma tema bem interessante, tenho vontade de ler esse livro ^^

    Boa resenha :)

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Quero muito ler esse livro! *-*
    Já percebi que vou curtir a leitura. Ao ler sua resenha, isso ficou bem notável. Sinto que vou gostar da protagonista e provavelmente me irritarei também, assim como você. Mas nada que incomode o meu envolvimento com a leitura.
    Gostei de saber sua opinião e espero gostar muito assim como você. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  18. Oie Rafa
    não conhecia o livro, e gostei da dica.
    Poxa, eu tmb tenho raiva desses triângulos em que a mocinha usa uma das partes para esquecer a outra...argh
    passei a odiar triãngulos por conta da Kelsey de A maldição do tigre...
    Depois da sua resenha, fiquei mega interessada no livro.
    bjo

    ResponderExcluir
  19. Oi Rafa!
    Que fofo esse livro! Imaginava a história um pouco diferente e quando comecei a ler a resenha, adorei. Eu até curto histórias com triângulos amorosos, acho que dá uma pitadinha a mais de tempero no enredo.
    Com certeza, entrou para minha lista de futuras aquisições.
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. oi Rafa, tudo bem?
    Que grata surpresa esse livro, parece muito bom!
    Laila me lembra muito a mim mesma em alguns pontos e fiquei curiosa para descobrir mais sobre seus pretendentes e eleger meu preferido!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. A capa é linda e depois que li a resenha fiquei com muita vontade de ler. Parece ser um daqueles livros que são clichês, mas de uma forma diferente, dá para entender? Rsrs
    Tem TAG para você lá no meu blog! (http://sector-12.blogspot.com.br/2013/06/tag-e-selinho.html#disqus_thread)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Adorei!! eu já estava cobiçando esse livro!!
    Inicialmente eu achei que o livro era infantil, mas depois de ler a sua resenha, só posso dizer uma coisa: PRECISO!

    Parabéns pela resenha!!

    beijos.
    Geeh.

    ResponderExcluir
  23. Nossa eu ainda não conhecia o livro.
    Já comecei amando a capa, a premissa me atraiu e a resenha me conquistou, esses triângulos amorosos me divertem.
    Anotei a dica.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  24. Ahhh, Rafa, adorei!
    Assim, fiquei com um é atrás, admito. Normalmente não me dou bem com essas personagens que ficam" Ahh, porque eu sou feia e o mundo é lindo, mimimi" e afins, mas vou confiar em você e me arriscar com o livro. Parece fofinho demais!

    A resenha ficou ótima, amiga, muito perfeita!

    Beijitos

    ResponderExcluir
  25. Awn parece ser ótimo! O nome e a capa são lindos, e tenho a impressão que o conteúdo é melhor ainda. Parece ser bem fofinho, entrou na minha wishlist ><

    ResponderExcluir
  26. Olá flor...
    Capa linda... livro que me interessou desde que vi em outro blog!
    Sua resenha foi muito boa, foi seu ponto de vista sem dar Spoiles!
    Com certeza está na minha lista!
    beijos e até a próxima!

    ResponderExcluir
  27. Parece ser um livro muito inteligente e romântico! Percebi nos pequenos trechos que há textos de reflexão e rimas rs. A capa não tinha me chamado muito a atenção e imaginei que fosse um romancinho clichê, mas ao ler a resenha meu conceito mudou muito, pois me interessou muito o fato de ser um livro que abuse do conhecimento!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Estou querendo muito ler, me animei com sua resenha!

    ResponderExcluir
  29. Também achei parecido com O Teorema Katherine, mas também achei com A Probabilidade e Estatística do Amor a Primeira Vista, não sei porque. Gostei muito da proposta do livros e toda a coisa de triângulo amoroso. Me parece ser muito bom e capa me deixou muito intrigada. Estou doida para lê-lo.

    ResponderExcluir
  30. Amei a resenha, chegou uma hora que estava lendo que pensei que ia perder a vontade de ler o livro (vc me assustou na hora de falar do triângulo amoroso...hahahaha), mas depois percebi que pela sua resenha o livro parece uma leitura bem legal e agradável. Quero ler logo e ver qual ra o seu favorito e ver qual vai ser o meu.
    Vou contar um segredo, foi a capa o que me deixou com mais vontade de ler o livro, acho linda demais essa capa branca com o título e outros detalhes em vermelho e preto. Mas o tema também me interessa muito (adoro romancinhos em que a mocinha tem que escolher alguém...eu sempre torço pro cara errado também...haha)e o livro parece bem fácil e rápido de ler e é o que eu preciso nesse momento.
    Espero conseguir ler logo.
    :D


    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi Rafa!
    Adorei a resenha, este livro é um dos próximos da minha lista, depois de Norte e Sul...
    Amei a capa, a história parece ser muito boa...
    Quero ler Logo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Amei a resenha, Rafa! Geralmente não sou muito de triângulos amorosos, mas gostei da história do livro. Já indo colocar na wish da Rocco pra daqui a alguns dias!! A capa é linda, geralmente capas me atraem muito. Beijos!

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária