Resenha: "A Porta dos Três Trincos"

Sonia Fernández-Vidal doutorou-se em Física pela Universitat Autònoma de Barcelona, no campo da Informação e Óptica Quântica, e trabalhou em alguns dos centros mais importantes do mundo, dentre eles o CERN (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear). Além de Quantic Love: o romance que resolve a equação do amor (resenha), ela também escreveu A Porta dos Três Trincos, que já foi traduzido para mais de dez países.

Niko Mir é um adolescente comum, chega atrasado na escola, sofre com o primeiro amor e fica com a cabeça nas nuvens durante as aulas de física. Entretanto, em um certo dia, ele acorda e vê uma frase misteriosa refletida no teto do seu quarto:
"Se você quer que aconteçam coisas diferentes, deixe de fazer sempre o mesmo."
Inspirado por tal aviso, Niko decide ir à escola por outro caminho e, ao invés de seguir rua abaixo, ele sobe a ladeira a sua frente. Enquanto caminha, percebe algo esquecido e invisível aos olhos dos demais transeuntes: um casarão de aparência antiga com apenas uma janela no terceiro andar e três trincos na porta. Cedendo à curiosidade, ele se aproxima da casa abandonada e, de brincadeira, aperta a campainha, mas o inimaginável acontece e alguém o responde, dizendo que Niko já estava sendo esperado.

Enchendo-se de coragem, ele entra no casarão e se depara com um cômodo estranho e demasiadamente escuro, no qual há apenas um gato, que lhe acompanha até a próxima sala. Lá, ele encontra uma caixa com os dizerem "Universo por estrear", a abre e vê coisas incríveis e mágicas acontecerem diante de seus olhos, assim como a aparição repentina de um elfo-gênio-cientista que lhe ajudará a entrar no Mundo Quântico.



Tendo o elfo Eldwen e a Fada quântica, mais conhecida por Quiona, como guias, Niko dará início a uma aventura única e enigmática por um universo repleto de seres fantásticos como fadas, elfos e os temidos espectros negros - feitos da matéria de um buraco negro -; e de situações incomuns como atravessar paredes, se teletransportar, conhecer a relojoaria relativa, ir para a BOA-T e dançar na pista da incerteza.

No entanto, a aventura de Niko não é feita apenas de descobertas impressionantes e amizades verdadeiras, mas também de perigos que envolvem o fato de ele ser humano e não ser autorizado a entrar no Mundo Quântico, além da misteriosa e importante missão que ele deve cumprir.



A história é narrada em terceira pessoa de forma bem objetiva e fluída, intercalando ficção e informações acerca da física quântica. Apesar de preferir e amar a área de humanas, (quase) sempre achei física bem interessante e gostei de como a autora uniu os dois temas com harmonia e naturalidade, sem tornar a narrativa maçante por conta da quantidade de explicações. A autora fez o mesmo em Quantic Love e se mostrou bem feliz ao faze-lo novamente neste livro.

Contudo, achei o enredo um pouco superficial, no sentido de que alguns pontos poderiam ter sido mais aprofundados - a missão de Niko e tudo o que diz respeito ao vilão, por exemplo. Enquanto todas as informações científicas se encaixaram perfeitamente em cada passagem, a parte fictícia ficou de lado em alguns momentos, deixando o leitor com cara de ponto de interrogação e esperando por mais. Gostei da premissa e a história tinha muito pano para a manga, mas tive a sensação de que poderia ter sido mais desenvolvida.

Em contra partida, os personagens foram atômicos e dignos de um bom infantojuvenil que envolve fantasia e aventura. Eles são curiosos, altruístas, engraçados e atrapalhados quando se trata de amor. De longe, Quiona foi a personagem mais interessante, pela personalidade forte e o ar despojado e cheio de si, sem ser pedante. Eldwen é um bom moço e amigo, que não abandona as pessoas queridas nem em momentos difíceis. Niko esteve em processo de aprendizado durante toda a narrativa e fez seu papel muito bem.



Os personagens mais velhos - como Mestre Zen-O, o diretor do CIQ e Kronos - poderiam ter sido mais aprofundados, assim como os diálogos dos dois últimos capítulos, pois ficaram levemente vagos. Porém, o final foi bem interessante e deixou um enigma no ar, o que me leva a acreditar que, se a autora quiser, pode ter uma continuação tranquilamente. Em suma, o Mundo Quântico criado pela autora foi intrigante e com várias sacadas inteligentes. No final do livro tem um glossário para estudantes avançados bem útil e uma carta criativa de Zen-O aos leitores.

Desde a capa até as ilustrações internas, percebe-se um trabalho feito com esmero e delicadeza; cada detalhe contido nas páginas deu um toque mais divertido à história, além de incrementa-la. A diagramação mudava de acordo com a narrativa: às vezes criando caixas de texto para mostrar ora frases de impacto, ora enigmas dos personagens, ou modificando a fonte com a finalidade de enfatizar certas informações e acontecimentos. Assim como toda a parte física do livro, a revisão também foi muito bem feita.



Se ficaram curiosos(as) para conhecer e se aventurar no Mundo Quântico, não deixem de participar do sorteio! Cliquem aqui para saber mais.
  • Escrito por Sonia Fernández-Vidal.
  • Editora Rocco Jovens Leitores.
  • Tradução: Michelle Strzoda - Babilonia Cultura Editorial.
  • 207 páginas.
  • Disponível em todas as livrarias.
  • Recomendo. Um abraço quântico para vocês! :)
*Exemplar para resenha.

20 comentários:

  1. eu adorei o livro, nao conhecia mais já gostei adoro uma aventura!
    e a capa ? é bem bonita.

    ResponderExcluir
  2. O livro parece abordar a física de um jeito bem legal, deve ser uma leitura interessante, pois une minha matéria preferida com um dos meus gêneros favoritos. Gostei da capa e da diagramação do livro.

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia o livro ainda, mas amei a capa e pue perceber pelas fotos o belo trabalho que foi feito pela editora, ficou muito bonito. Física nunca foi minha matéria favorita no colégio mas pelo menos as teorias eu conseguia acompanhar bem (meu problema sempre foi a parte matemática da coisa). Pena que na parte do enredo ficou faltando um pouco mais de desenvolvimento mas aina assim parece ser um livro que vale a pena conhecer.

    ResponderExcluir
  4. Quero ler *-* Adoro esses livros que tem uma pegada que mistura ficção com física, entre outras ciências. Além de, amar mundos alternativos e pelo o que entendi é tipo isso.
    Adorei a resenha e quero muito ler ;p
    Beijinhos Screepeer
    http://screepeer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Heey!!
    Adorei o livro, desde a sinopse até a capa! Acho que abordar esse tema de uma forma diferente foi algo genial!
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  6. Nossa o livro parece ser ótimo, história bem interessante, curto muito física, fantasia e gato, fiquei doida pra ler.

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa! Pela capa eu não imaginava um livro deste gênero, mas ao ler a resenha fui ficando interessada, gosto de aventura e fantasia, e nunca dispenso um infanto juvenil, a leveza destas obras são muito boas paea nos deixar de bom humor.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. OMG QUERO! Eu li Quantic Love da Sonia e mesmo não tendo gostado tanto do quesito romântico no livro, fiquei apaixonada pela forma fluida como ela trata a física! E agora com esse livro posso matar a saudades da narrativa dela, sem falar que a sinopse desse A Porta dos Três Trincos tem muito mais a ver comigo que Quantic Love! Bjos

    Tici | www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  9. Oie Rafaela =)

    Não conhecia o livro, mas pela sua resenha percebi que ele possui ingredientes que gosto bastante. Dica anotada!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Oi Rafa!
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa divertida (embora não eu não seja muito de fadas, elfos e afins, rsrs)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Achei a frase inspiradora. Não conhecia o livro, gostei muito da sua resenha e já quero conhecer mais sobre essa história. Adoro uma aventura cheia de mistérios e fiquei bem curiosa pela forma que a autora trás informações dentro do livro.
    Fiquei realmente com vontade de ter o livro pelas fotos, gostei muito do trabalho gráfico.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  12. Achei tão bonitinha história e tem aquela cara de livro infantil/pré-adolescente que eu amo! Também curti muito as ilustrações que são de dar gosto e curiosidade.

    ResponderExcluir
  13. Oi Rafa!
    A história parece ser bem criativa, acho incrível quando o autor utiliza seu próprio conhecimento acadêmico dentro da ficção, a obra fica muito mais rica.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  14. Niko parece um personagem bem comum de início, mas gostei da simples frase em que ele encontra. De como ele decide mudar o caminho e encontrar algo legal! Esse casarão não me intimidou muito. Gostei do fato de ser mágica e misturar a matemática, onde eu não sei nada '-'
    Gostei de ter ilustrações. E por falar em ser superficial, percebi um pouco, até na sinopse.
    Abraços Rafaela.

    ResponderExcluir
  15. Pelas suas fotos nota-se um trabalho muito bem feito pela editora. Edição linda!
    A história parece boa, mas mais para o público mais novo. Ainda assim eu leria pois parece ter uma mensagem legal e uma forma bem original por envolver física.

    ResponderExcluir
  16. Que legaaaal!! Ameeei!!
    Parece ser uma história bem escrita, com várias reviravoltas e muitaaaa aventura!!
    Amei as fotos!! Mas sabe que nunca tinha lido nada sobre ele?
    Uma gracinha!!
    Vou anotar aqui e procurar mais sobre ele no skoob depois.
    bjooos

    ResponderExcluir
  17. Adorei as fotos do livro, a diagramação parece ter sido muito bem feita pela editora. Quanto ao livro em si, não esperava que fosse de um gênero como este. A mescla de fantasia e física é bem curiosa, mas admito que estes dois elementos estão longe de serem meus favoritos. Apesar disto, esse parece ser um bom infanto-juvenil e conheço pessoas que vão adorar saber um pouco mais sobre ele.
    Sua resenha está ótima.
    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Nunca ouvi falar da autora Sonia Fernández-Vidal. Porém, fiquei bastante intrigado com uma pessoa que se formou em Física e escreveu um livro. Logo quando vi o livro, não me interessei pela capa, mas sim pelo título, pensei em uma estória fantasiosa repleta de mistérios, acho que, pela resenha, lida, eu pensei uma meia-verdade, haha. Lerei!

    ResponderExcluir
  19. Que lindaa a diagramação desse livro.
    Adorei sua resenha e achei a história super interessante, adicionei o livro em minha lista de leituras, pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  20. Queria ter lido Quantic Love e adiei demais. Legal ver outro da autora e parece ser bom, a trama chamou atenção. Pode ter algumas coisinhas que desapontam, mas sei lá, achei interessante e penso que gostaria. E os detalhes gráficos dão um charme a mais ao livro, achei uma graça!

    ResponderExcluir

Hey you,
gostou do que leu, encontrou algum erro ou quer acrescentar algo?
Não deixe de comentar! =)
Sua opinião é muito importante para o blog.
Beijocas.

© 2012 - Todos os Direitos Reservados
Design por: Gabrielle Alves | Para uso exclusivo do blog Artesã Literária